Make your own free website on Tripod.com

Não dá pra fugir!

Você já sonhou em fugir dos problemas? Ir para algum lugar, longe de tudo e de todos, onde nada o incomodasse?

Muitas vezes nós somos tentados nesse sentido. É o clima na família que não está bom. São os colegas de aula que zombam porque somos cristãos - portanto diferentes deles. São as paixões - ah!, as paixões! - que chegam arrebentando o coração e nem sempre são correspondidas. Isso tudo nos causa uma angústia. Isso nos leva a sentir pena de nós mesmos, e não é raro nos sentirmos deprimidos, os piores elementos do mundo. Então, vem a vontade de fugir, sair correndo para muito longe, onde nenhum problema possa nos atingir.

Infelizmente, não é possível fugir de nós mesmos e de Deus. Quase sempre nossas angústias e preocupações têm origem no pecado que assola o mundo. E isso não é nenhuma novidade, nem exclusividade de ninguém. Quando pecamos, nossa consciência, que conhece a Lei de Deus,  nos acusa, e então queremos fugir. Mas como podemos fugir de Deus?

O Salmista Davi reconheceu essa impossibilidade. É a esse respeito que fala o Salmo 139. Davi reconheceu que Deus sabe tudo a nosso respeito e escreveu: Antes mesmo que eu fale, tu já sabes o que vou dizer (Salmo 139.4). Por outro lado, Davi também reconheceu que Deus não sabe tudo só para nos castigar. Estás em volta de mim, por todos os lados, e me proteges com o teu poder (Salmo 139.5).

Como vimos, é impossível fugir de Deus. Fuga é um estado mental. Você não precisa sair da cidade onde mora para fugir. Ainda assim são muitos os que fogem. Fogem apenas no sentido de irem para um bar, um baile ou algum lugar onde supostamente vão escapar dos problemas e angústias do dia-a-dia. Lá tentam afogar as mágoas com vícios: cigarros, bebidas e outras drogas, uma música violentamente alta que não permite que os pensamentos sejam colocados em ordem, danças que excitam sexualmente e que em alguns casos acabam em orgias que trazem ainda mais problemas. Enfim, fugas que ao invés de aliviarem, aumentam a angústia. Por outro lado, também é possível "fugir" entrando de cabeça num trabalho, numa carreira, num negócio próprio, ou simplesmente ficar sonhando acordado, fantasiando mergulhado em seus próprios pensamentos. Nem sempre é preciso agir como o filho pródigo, que gastou tudo o que ganhou do pai com festas e prostitutas (Lucas 15.13).

Davi continua seu Salmo com perguntas: Aonde posso ir a fim de escapar do teu Espírito? Para onde posso fugir da tua presença? Se eu subir ao céu, tu lá estás; se eu descer ao mundo dos mortos, lá estás também. Se eu voar para o Oriente ou for viver nos lugares mais distantes do Ocidente, ainda li a tua mão me guia, ainda ali tu me ajudas. Eu posso pedir que a escuridão me esconda e que em volta de mim a luz vire noite; mas isso não adianta nada, porque para ti a escuridão não é escura e a noite é tão clara como o dia. Tu não fazes diferença entre a luz e a escuridão (Salmo 139.7-12).

Podemos tentar fugir da forma como quisermos. Mas de Deus jamais conseguiremos fugir. Mas isso não é ruim. Ao contrário, Deus está nos esperando de braços abertos, como o pai do filho pródigo, ansioso pela nossa volta.

Podemos tentar fugir de nossas angústias e dificuldades, mas elas não desapareceram, nem ao menos diminuirão com nossa fuga. Só há uma solução: buscar socorro nos braços de Deus. Deus, não consigo resolver meus anseios sozinho. Preciso da sua ajuda. Esse é o pedido que precisamos fazer. Ele espera ansioso por esta súplica.

Não. Ele não quer que nós soframos. Nós sofremos por causa do pecado que infesta o mundo e atinge nossas vidas também. Nós sofremos porque não queremos o socorro de Deus ou porque queremos viver à nossa própria maneira. Mas ainda assim podemos buscá-lo quando quisermos e Ele está pronto a nos socorrer.

Não importa para onde você vá. Você pode ir a qualquer lugar que quiser: outra cidade, outro país, seu ponto de encontro com os amigos, as drogas (lícitas ou ilícitas), perder-se à cata de diversão, ou se atirar de cabeça em algum projeto de vida. Ou pode arrepender-se de sua vida, ou tentativa de vida, dar uma guinada e deixar de querer fazer as coisas sem Deus. Você pode voltar para a casa, para o Pai. Ele está sempre pronto e esperando para recebê-lo de volta.

* Adaptado de Smith, Michael W. Já tenho idade para saber, São Paulo, Bom Pastor, p. 35-47
       * Textos Bíblicos conforme a Bíblia na Linguagem de Hoje.